Jameis Winston pode ser suspenso pela NFL por três jogos

A National Football League deve suspender o quarterback Jameis Winston, astro do Tampa Bay Buccaneers, pelos primeiros três jogos da temporada 2018 devido a uma violação da política de conduta pessoal da liga. A informação foi confirmada nesta quinta-feira (21) pelo jornalista Adam Schefter, da ‘ESPN’ norte-americana.

A punição deriva de um suposto incidente de assédio envolvendo uma motorista de Uber, caso ocorrido em março de 2016, em Scottsdale, no Arizona.


A liga ainda não notificou Winston sobre a decisão oficial e as circunstâncias do incidente ainda podem levar a um aumento ou diminuição da suspensão de três jogos, de acordo com fontes. Contudo, neste momento, a NFL pretende mesmo suspender o signal caller por três partidas.

Uma fonte disse a Schefter que Winston pode ser notificado já nesta sexta-feira (21), enquanto que outros acreditam que a punição será oficializada apenas em algum momento na semana que vem.

Uma apelação pode ser debatida, mas vale ressaltar que essas apelações em casos do tipo já de mostraram sem resultado no passado. Mais recentemente, o running back Ezekiel Elliott, do Dallas Cowboys, cedeu após uma longa batalha judicial com a NFL no ano passado e cumpriu sua suspensão de seis partidas.

Lisa Friel, investigadora da NFL, ajudou a liderar a investigação que vai resultar na suspensão de mais um astro da liga.

Jeff Cameron, apresentador da rádio ‘ESPN Tallahassee’, foi quem inicialmente noticiou nesta semana em seu talk show que o quarterback dos Bucs estava prestes a ser suspenso.

O suposto incidente ocorreu em março de 2016, mas não veio à tona até o ‘Buzzfeed’ noticiá-lo, em novembro do ano passado. A NFL então iniciou sua investigação, com Friel na liderança, e os Buccaneers estavam aguardando o desfecho.

A liga abriu a investigação em novembro do ano passado, quando a mulher, que se identificou como Kate, disse ao ‘Buzzfeed’ que Winston estendeu o braço e passou a mão em suas partes íntimas enquanto eles esperavam em um drive-thru no Los Betos Mexican Food, por volta das 2h (horário local).

A gerência do restaurante disse à ‘ESPN’ que não possui gravação da área do drive-thru. Nenhum boletim de ocorrência foi registrado junto à polícia, mas a motorista apresentou uma reclamação forma à Uber.

Ela disse ao ‘Buzzfeed’ que desejava falar a verdade “sobre um homem poderoso que se sentiu no direito de tocar meu corpo quando tudo o que eu queria era fazer o meu trabalho”.

A Uber confirmou à ‘ESPN’ que a conta de Winston no aplicativo foi cassada, mas Winston não notificou a liga sobre a queixa.

Winston negou as acusações e disse que acredita que a mulher se enganou em relação ao número de passageiros no carro e o local em que ele estava no veículo.

O cornerback Ronald Darby, do Philadelphia Eagles, ex-companheiro de Winston na Universidade de Florida State, disse que também era passageiro no carro e saiu em defesa de Winston, observando que ele e o quarterback dos Bucs estavam no banco de trás e que um terceiro passageiro estava no banco do passageiro. Ele não falou o nome do suposto terceiro passageiro publicamente.

John Clune, advogado que representa a motorista de Uber, rebateu a versão de Darby, afirmando que Winston era o único passageiro no carro naquela madrugada.

Clune também representou Erica Kinsman, uma estudante que acusou Winston de agressão sexual em Florida State, em 2012. O incidente foi investigado pela polícia de Tallahassee, mas acusações nunca foram formalizadas. Winston não foi suspenso pela faculdade e nem pelo time de futebol americano pelo incidente.

O quarterback foi sim disciplinado por outro incidente, em setembro de 2014, por ficar em pé sobre uma mesa dentro da união de estudantes de FSU e gritar um meme sexualmente explícito.

Winston deve perder US$ 124 mil de salário-base por causa da suspensão de três jogos, já que seu salário-base é de apenas US$ 705 mil nesta temporada.

O salário-base do jogador para a próxima temporada será de US$ 20,9 milhões, o que reduz as chances de ele considerar apelar da suspensão.

Com a suspensão de três jogos, o Tampa Bay Buccaneers será obrigado a utilizar o veterano Ryan Fitzpatrick como titular. Na temporada passada, quando Winston ficou afastado por alguns jogos devido a uma lesão no ombro, Fitzpatrick conseguiu duas vitórias e uma derrota.

Logo após Fitzpatrick, os Bucs contam com Ryan Griffin, que agora deve ser o quarterback reserva da franquia da Flórida na primeira parte desta temporada.

Fonte: Quinto Quarto
Compartilhar no Google Plus

Sobre o Touchdown BR

O Touchdown BR é o lugar certo para sãs do futebol americano. Aqui você encontra notícias, vídeos, análises e tudo mais em língua portuguesa sobre o esporte que mais cresce no Brasil.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário